Tortura animal: cavalo C) castrado a sangue frio e PolC-cia Civil detC)m os autores

As cenas da suposta cirurgia de castraC’C#o, gravadas pelos prC3prios envolvidos dias atrC!s, causaram revolta em muita gente.
SC#o tC#o chocantes que muita gente nC#o conseguiu assistir o vC-deo atC) o fim, sem que derramasse lC!grimas. C possC-vel ver o animal se debatendo para tentar escapar do canivete usado por um dos acusados.
Os quatro irC#o responder por Maus Tratos/MutilaC’C#o de Animal e ExercC-cio Ilegal de ProfissC#o. A barbC!rie acontecia numa fazenda da Estrada do Limoeiro, em Piracicaba.
ApC3s ser procurada por uma protetora de animais independente, bem como tomar conhecimento atravC)s desta sobre o vC-deo de uma castraC’C#o irregular de um equino, a qual fora divulgada em rede social gerando grande repercussC#o e revolta, policiais civis da Dise (Delegacia de InvestigaC’C5es Sobre Entorpecentes)
Nas imagens, eles viram dois homens segurando o cavalo, com as quatro patas amarradas, enquanto um terceiro indivC-duo realiza a castraC’C#o do animal a sangue frio, removendo os testC-culos sem anestesia e utilizando um canivete
O qiarro homem narrava e realizava a filmagem do procedimento. Observando as gravaC’C5es, C) explC-cito o sofrimento do animal, o qual se contorce e relincha de dor, bem como respira de maneira ofegante.
Com informaC’C5es obtidas pela protetora, foramB identificados os quatro envolvidos, sendo nesta manhC# diligenciado no sC-tio onde as imagens foram gravadas, bem como nos endereC’os dos indivC-duos.
Os quatro homens foram localizados e trazidos atC) da sede da Dise onde foram ouvidos em declaraC’C5es pelo delegado Demetrios Gondim Coelho.
O cavalo passou avaliaC’C#o da mC)dica veterinC!ria da Prefeitura, a qual constatou que, ainda que o equino tenha sido submetido a cruel sofrimento, correndo grande risco de morte por parada cardC-aca ou torC’C#o gC!strica devido a extrema dor, atualmente encontra-se recuperado, com ferimento jC! cicatrizado e em excelente condiC’C#o de saC:de.
Por causa disso, ele nC#o foi apreendido. Os autores tC*m 46, 49 e 50 anos.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitantes

Visualização de página 344

Referências únicas 8

Visualizações de página diretas 0

From External SERP 0

Páginas de destino exclusivas 95

Páginas de rejeição 67

Taxa de novos visitantes 84,92

Mecanismos de pesquisa 0