Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar as eleições deste domingo; suspeitos serão detidos

Piracicaba terá, pela primeira vez, uma fiscalização com drones durante as eleições deste domingo (15). Os equipamentos visam combater os crimes eleitorais e também serão utilizados em todo o país, pela Polícia Federal.

As aeronaves, que serão pilotadas remotamente, irão sobrevoar as principais zonas eleitorais com o intuito de coibir a boca de urna, compra de votos, entre outros crimes eleitorais.

Na cidade equipes de policiais federais, munidas com os drones, irão atuar em 29 cidades da região. Os equipamentos já foram testados sob supervisão do delegado de polícia Federal Julio Sávio Monfardini.

Recentemente, ele realizou um simulado, mostrando á imprensa como os drones serão usados e como os policiais federais irão abordar os suspeitos.

Vale ressaltar que alguns destes policiais estarão à paisana (sem o uniforme da PF) e misturados com os eleitores, próximos aos locais alvos de denúncias.

O drone irá garantir, por meio das imagens, a real ocorrência de crime eleitoral. O equipamento conta com câmera de alta definição e, nesta eleição, deverá atingir uma altura de 250 metros.

A bateria dura entre 25 e 30 minutos por voo, mas não haverá problema porque a Polícia Federal estará atuando com baterias extras.

Quem for flagrado será levado para a delegacia de Polícia Federal – isso se for em Piracicaba. Se for cidade da região, como Saltinho ou São Pedro por exemplo, o autor será levado para até a Polícia Civil local. Constatado o crime, a pessoa será apresentada ao juiz eleitoral.

 

Fotos: Christiano Diehl Neto/Gazeta de Piracicaba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitantes

Visualização de página 28.019

Referências únicas 23

Visualizações de página diretas 0

From External SERP 0

Páginas de destino exclusivas 2.682

Páginas de rejeição 2.365

Taxa de novos visitantes 54,44

Mecanismos de pesquisa 0