Blog especializado em notícias policiais em Piracicaba e região

Piracicaba: mulher perseguida pelo ex-marido e pela mãe dele pede socorro; guardas-civis detiveram os dois ontem, mas eles foram liberados na Delegacia de Defesa da Mulher

Desde que separou do marido, há dois anos, que uma moradora de Piracicaba teve sua vida transformada em um inferno.

Não bastasse ele ameaçá-la, a mãe dele também passou a infernizar a vítima. Ontem, enquanto ela ameaçava a ex-mulher do seu filho,  ele estava na frente da casa da ex-sogra pondo medo nela.

Mãe e filha têm medida protetiva que o impedem de se aproximar delas, mas o homem parece ignorar. Inclusive, as duas são assistidas pela Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil de Piracicaba.

Ontem, pouco depois do meio-dia, a vítima foi levar a filha de cinco anos na escola e quando retornou para o carro viu a ex-sogra riscando-o.

A mulher estava armada com uma faca, uma chave de fenda e um alicate. Chegou a ameaçar a vítima de morte. Avisada pela escola, uma equipe da Guarda Civil prendeu a ex-sogra.

Segundo a Guarda, a vítima vinha sendo alvo do ex-marido desde sábado (6), quando foi na casa dela. Um familiar da mulher entrou entrou em luta corporal com ele.

Por isso, foi registrada ocorrência de  Agressão Mútua. Na segunda-feira (8), ele apareceu na frente da casa da ex-mulher de novo, a polícia foi chamada e o levou para o Plantão Policial.

Não ficou preso, segundo testemunhas, porque o delegado plantonista alegou que por ela morar em um edifício seria difícil ele conseguir entrar.

“Como se ele não pudesse aproveitar o momento que alguém abrisse o portão da garagem para entrar e matar a ex”, observou uma pessoa conhecida da vítima.

Ontem, a Guarda o pegou de novo mas, junto com a mãe dele, foi liberado na Delegacia de Defesa da Mulher. A Patrulha Maria da Penha irá reforçar o patrulhamento preventivo na casa da mulher.

 

Foto: Guarda Civil

redação

Deixe seu Comentário

Publicidade




Online

contador de visitantes

Hospedado por ServerPro