Menino escreve carta para PMs baleados em tentativa de roubo; gesto de carinho comoveu aos colegas de profissC#o

“ForC’a e Honra!”.B
Foi com estas duas palavras que um menino, morador de Rio das Pedras, comeC’ou sua cartinha para os PMs baleados esta semana em uma tentativa de roubo, na mesma cidade, e foi levar na unidade policial onde eles trabalham.
Com dizeres simples, o garoto comoveu a muitos profissionais da corporaC’C#o e a carta jC! foi compartilhada nas redes sociais. O menino escreveu que ficou sabendo o que ocorreu com os dois militares e que ficou muito triste.
“Estou aqui, por meio desta carta, pedindo a Deus que os dois fiquem bons e possam voltar a patrulhar a nossa cidade”, declarou. “NC#o podemos perder os dois PMs mais queridos da cidade”, acrescentou.
E continuou o garoto: “sem vocC*s, as coisas nC#o seriam as mesmas”. O menino, que sonha ser policial militar, disse que vC* nos dois PMs feridos uma inspiraC’C#o para seguir carreira na Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas), modalidade da qual os dois militares fazem parte.
O pequeno admirador da PolC-cia Militar encerrou escrevendo: “Sei que C) uma carta pequena, mas escrevi com AMOR E CARINHO. AbraC’os”.
No meio da folha ele escreveu, em letras garrafais e com caneta vermelha: FORCA”.
“Que Deus os proteja de todo o mal”, terminou a carta.
Ao lado, o estudante fez a seguinte observaC’C#o: “Sei que minha letra nC#o C) das melhores, mas o jeito que encontrei de homenageC!-los”.
E finalizou: “Com amor e carinho”. Gabriel AndrC) Soave
O QUE ACONTECEU
Na noite da C:ltima terC’a-feira (30 de julho), passando em uma rua de Rio das Pedras, os militares desconfiaram do portC#o entreaberto, pararam e se aproximaram para ver se havia algo de errado.
Neste momento, eles deram de cara com um criminoso mantendo a dona da casa refC)m. Ao ver os militares, o marginal colocou a vC-tima C! sua frente deixando-a como um escudo protetor.
O bandido atirou acertando um dos PMs. O outro, na tentativa de tirar o colega de trabalho da linha de tiro, acabou sendo atingido tambC)m. O ladrC#o foi baleado no pescoC’o, mas estC! preso sob escolta policial.
Um dos militares foi medicado e liberado na mesma noite e o outro passou por cirurgia permanecendo, atC) esta data, sob cuidados mC)dicos. A dona da casa, que levou um tiro de raspC#o, tambC)m foi medicada e liberada.

Foto: DivulgaC’C#o

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitantes

Visualização de página 30.197

Referências únicas 25

Visualizações de página diretas 0

From External SERP 0

Páginas de destino exclusivas 2.307

Páginas de rejeição 2.006

Taxa de novos visitantes 51,92

Mecanismos de pesquisa 0