Investigador do 5B: DP livra mulher de ser morta pelo namorado; rosto dela estava desfigurado

O policial civil Leandro voltava do FC3rum, ontem C tarde, e quando passava pela avenida Juscelino Kubitscheck – uma antes da rua Rui Barbosa -, na Vila Rezende, em Piracicaba, deparou com um jovem acenando para ele.
Leandro parou a viatura e foi informado que um cidadC#o havia arrastado alguC)m para o mato. PorC)m ele (testemunha) nC#o viu se a vC-tima era homem ou mulher, mas observou que essa pessoa sangrava bastante.
Ao se aproximar do mato, o investigador ouviu o choro e a pessoa pedindo ajuda. “Entrei e quando olhei no sistema de esgoto vi o cara em cima dela. SC3 deu para ver que era mulher porque os seios apareceram, pois o rosto estava desfigurado”, disse o policial.
“Ele jC! estava puxando a calcinha dela, momento em que anunciei que era policial e gritei: deita. Ele saiu de cima dela, que estava aterrorizada, parecia sem forC’as. Ela correu direto para dentro da viatura, toda ensanguentada”.
Leandro deteve o autor, acionou a PolC-cia Militar que compareceu rapidamente. TambC)m vieram equipes da Dise (Delegacia de InvestigaC’C5es Sobre Entorpecentes), Guarda Civil, GOE da PolC-cia Civil, do helicC3ptero Cguia e dos Bombeiros.
A mulher foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento da Vila Rezende e o autor para o PlantC#o Policial.
Leandro fez questC#o de enaltecer o apoio que recebeu das outras forC’as de seguranC’a, principalmente do investigador Ivan que ajudou com a papelada.
“NC#o sei quem estava no atendimento 190, mas ao mesmo tempo em que eu passava a ocorrC*ncia os atendentes jC! iam acionando as viaturas que estavam nas proximidades. Foram muito hC!beis”.
“TambC)m nC#o posso deixar de mencionar o rapaz que me chamou na rua porque, nos dias de hoje, muitas pessoas ignoram situaC’C5es nas quais nC#o estC#o envolvidas. Ele foi muito solidC!rio”, destacou.
O investigador contou com apoio ainda do policial Maurinho, da Unidade de InteligC*ncia da PolC-cia Civil, do delegado FC!bio Rizzo de Toledo, que chefia o 5B: DP, e agradeceu ao delegado plantonista MC!rio Bortoleto pela atenC’C#o que deu ao caso.
Terminado o flagrante, Leandro foi C unidade de saC:de ver como estava a vC-tima. Mais calma, ela nC#o parava de dizer que foi ele o policial quem a salvou.
“Ouvir isso valeu mais do que ganhar qualquer bem material”, disse Leandro que hoje jC! estC! de serviC’o novamente.
A mulher vai passar por exame de corpo delito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitantes

Visualização de página 1.526

Referências únicas 16

Visualizações de página diretas 0

From External SERP 1

Páginas de destino exclusivas 144

Páginas de rejeição 112

Taxa de novos visitantes 73,92

Mecanismos de pesquisa 0