Empresário acusado de matar mãe e filho no trânsito de Piracicaba irá responder por homicídio doloso; ele permanece preso

O Ministério Público ofereceu a denúncia segundo o promotor Aloísio Antonio Maciel Neto, e a Justiça acatou.

Depois do acidente na avenida Armando de Salles Oliveira, dia 23 de agosto, o motorista do Corolla (que é empresário) foi preso em flagrante.

A polícia apurou que ele havia ingerido bebida alcoólica horas antes de bater no Fiat Uno em que estavam Vilmar Alves, Gabriel Alves e Renê Alves – mãe e filho não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

Renê teve vários ferimentos, e fratura do nariz, foi internado e liberado para o enterro da esposa e do filho.

Também foi apurado, de acordo com o promotor, que ele trafegou em alta velocidade por ruas de Piracicaba e parou em um posto de combustível, para a compra de um litro de vodka.

Saiu desse posto, que fica na mesma avenida, e alguns metros depois entrou em alta velocidade no Fiat Uno da família.

Neste dia, o motorista do Corolla estava com um passageiro em seu carro e que será testemunha.

Ele permanece preso no CDP de Piracicaba e aguarda a decisão da Justiça. Irá responder por duplo homicídio doloso (com intenção de matar) e pelas lesões causadas no único sobrevivente do Uno.

Foto: Mateus Medeiros/ Gazeta de Piracicaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitantes

Visualização de página 13.417

Referências únicas 20

Visualizações de página diretas 0

From External SERP 1

Páginas de destino exclusivas 1.551

Páginas de rejeição 1.320

Taxa de novos visitantes 56,37

Mecanismos de pesquisa 0