Desentendimento por causa de compra e venda de veículo termina com lesão corporal

O fato se deu dentro de um cartório de Piracicaba e um dos envolvidos no negócio deu um soco no rosto do outro. Segundo apurou a polícia, durante discussão um homem agrediu ao outro.

Embora os dois sejam comerciantes, a venda foi feita por meio de particular. A informação foi que o que depositou o dinheiro se sentiu lesado, o que ia receber esse dinheiro não aparecia na conta dele.

Testemunhas falaram que o agressor sacou uma arma da cintura e acomodou nas costas, embaixo da camisa. Saiu e logo voltou para o cartório.

Equipes do GOE (Grupo de Operações Especiais), da Guarda Civil e Polícia Militar chegaram ao mesmo tempo ali e conversaram com os dois.

Sobre a suposta arma, o agressor falou para a polícia que era um simulacro (de brinquedo), e que após a discussão ele a jogou no rio. Ela não foi localizada.

A vítima disse que vai representar contra o agressor, pelos crimes de lesão corporal e ameaça. Se trata-se de Estelionato, será apurado no 1º Distrito Policial. Após a confusão foi registrado Termo Circunstanciado de ocorrência, para crimes de menor potencial ofensivo.

Foto: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visitantes

Visualização de página 19.976

Referências únicas 28

Visualizações de página diretas 0

From External SERP 2

Páginas de destino exclusivas 790

Páginas de rejeição 580

Taxa de novos visitantes 52,37

Mecanismos de pesquisa 0